Coloproctologia: o que é e para que serve?

Pacientes confundem a especialidade com a urologia e acabam procurando profissionais diferentes para consultas

Sistema intestinal visto de um modo interno / Foto: rsaude.com.br

Tiago Ferreira

A coloproctologia é a área que estuda doenças relacionadas aos intestinos grosso (cólon) e delgado, o reto e o ânus. Antes chamada apenas de proctologia, a especialidade ainda é um pouco confundida com a urologia, devido a semelhança no exame de toque, já que ambas realizam.

A diferença neste exame está na finalidade. Enquanto a coloproctologia busca identificar problemas anais, intestinais e do reto, a urologia avalia os sistemas urinário e reprodutor masculino, daí a confusão, já que a próstata é alcançada pelo ânus.

Segundo o Ministério da saúde, a partir dos 40 anos, recomenda-se que seja feita consultas com o médico coloproctologista em casos de câncer colorretal ou intestinal em familiares; e a partir dos 50 anos para pessoas que não possuem histórico familiar.

Alguns dos sintomas que deve-se procurar um coloproctologista são: problemas nas hemorroidas; dificuldade para defecar; dores e cólicas abdominais; sangramento anal; histórico de câncer colorretal ou intestinal na família e alteração no funcionamento intestinal.

O CEDIBA conta com um profissional gabaritado e com ampla experiência na prevenção e tratamentos relacionados à coloproctologia. Para maiores informações, entre em contato conosco através dos canais de comunicação disponíveis aqui e tire todas as suas dúvidas.

Dr. Vitor Lúcio de Oliveira Alves [CRM: 8017]

Dr Vitor Lúcio é referência em coloproctologia / Foto: Arquivo pessoal
  • Coordenador da Residência de Coloproctologia do Hospital Universitário Professor Edgar Santos;
  • Chefe do Serviço de Coloproctologia do Hospital Universitário Professor Edgar Santos;
  • Professor da UFBA;
  • Especialista em Coloproctologia;
  • Laserterapia;
  • Cirurgia videolaparoscópica;
  • Especialista em Cirurgia Geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *